GET TOGETHER COM O DJ MARCELO BOTELHO

por Caroline Assad

Quem frequenta algumas das festas mais concorridas e conceituadas de São Paulo, costuma ouvir os sets do DJ Marcelo Botelho que transita em poucos minutos do Hip Hop ao Jazz e do nostálgico ao House mais atual. Apaixonado por música, ele toca um pouco de tudo e mais um pouco, Rock, Indie, New Wave, Hip Hop, Soul Funky e House que acabam chamando a atenção dos mais variados estilos de público.

Não é a toa, que a agenda dele está intensa nesse final de ano, com apresentações em São Paulo, Juquehy e Trancoso. De 26 de dezembro até o dia 2 de janeiro, o DJ marca presença no badalado paraíso do Sul da Bahia, em todas as festas da agência Haute, pelo terceiro ano consecutivo.

Em entrevista exclusiva com o Best of Life, Marcelo contou um pouco sobre sua personalidade, carreira e planos para o futuro. Confira abaixo!

Marcelo tem 33 anos e diz ser apaixonado por música desde pequeno. Com 13 anos ele já ganhou o primeiro par de toca discos e começou a divertir os amigos em festinhas do prédio e da escola. Quando perguntamos aonde ele se imagina daqui alguns anos, o Dj nos respondeu: tocando e trabalhando com música sempre. Entre os diferentes estilos de seus sets, ele confessa adorar a black music em geral; Soul, Funk 70, Hip Hop & R&B.

Sua maior experiência foi tocar música eletrônica em cima do Trio Elétrico no Carnaval de Salvador – Circuito Barra Ondina, junto com o Will.I.Am do Black Eyed Peas. Marcelo diz nunca ter visto tanta gente reunida cantando e dançando. Com certeza, essa é a festa ideal, onde todos dançam do começo ao fim.

O Dj conta ainda que a música pop do ano que define 2014 é a Bastille – Pompei. E arrisca dizer que em 2015 uma música que promete bombar é a Uptown Funk do Mark Ronson ft. Bruno Mars.

GET TOGETHER

1- Uma mania? Ouvir música quase que o dia inteiro.

2- Destino preferido e por quê? Bahia – Adoro o clima de lá e sua cultura.

3- O que não pode faltar em uma mala de viagem? Calça jeans, camiseta preta básica, boné, tênis confortável e fone de ouvido.

4- Lugares que moraria? Não me vejo morando em outro lugar. Adoro São Paulo, com seus restaurantes, bares, cinemas, teatros e, lógico, com a noite maravilhosa que tem.

5- Culinária preferida? Comida Japonesa.

6- Melhor restaurante na sua opinião? Hideki – Rodízio bem tradicional, sem muita frescura. Os sushis são sensacionais.

7- Bar ou balada? Bar para começar e uma bela balada para terminar a noite.

8- Uma inspiração? A maioria dos DJs brasileiros dos anos 90, que me fizeram escolher esta carreira.

9- Um sonho de consumo? Viver de música para o resto da minha vida.

10- O melhor da vida pra você é? “Dar o play e aumentar o volume”. Falando sério agora, é viver feliz e com saúde, fazendo o que amo. Isso é o que mais importa, estar de bem consigo.

Posts relacionados:

PARIBAR NO CENTRO DE SP
São Petersburgo na Rússia
PEDRA DO TELEGRAFO

Comentários

comentários